FacebookPixel
Principais notícias e artigos sobre o sector imobiliário em Portugal e na Ilha da Madeira
Voltar \

16 mar 2019
"Estamos muito longe disso", afirma o diplomata baseado em Madrid, recordando que em Espanha "viveu-se uma situação totalmente distinta, em termos económicos e sociais", quando rebentou a crise imobiliária, que registou o seu pior momento nos anos 2013-2014. "E essas condições não se verificam de todo em Portugal, tenho a certeza", reitera.

Profundo conhecedor da realidade do país vizinho, o embaixador de Portugal em Espanha rejeita que em Portugal "exista uma bolha imobiliária semelhante à que se viveu no mercado espanhol". Francisco Ribeiro de Menezes, em declarações ao idealista/news, admite que "é preciso estar alerta com a evolução de preços das casas em Portugal", em linha com o que defende a Comissão Europeia (CE), mas rejeita que exista uma bolha imobiliária agora mesmo.

"Estamos muito longe disso", afirma o diplomata baseado em Madrid, recordando que em Espanha "viveu-se uma situação totalmente distinta, em termos económicos e sociais", quando rebentou a crise imobiliária, que registou o seu pior momento nos anos 2013-2014. "E essas condições não se verificam de todo em Portugal, tenho a certeza", reitera.

Desde 2008 que os preços das casas aceleraram significativamente em Portugal, registando uma subida em termos reais na ordem dos 10%, gerando sinais de "sobrevalorização" no mercado, para os quais Bruxelas tem vindo a pedir especial atenção.

Ribeiro Menezes partilha desta preocupação e avisa que, neste contexto, "é preciso acautelar os direitos de moradores, alocadores e proprietários", mas diz estar convencido de que "as autoridades portuguesas, centrais e locais, estão muito pendentes do que se está a passar e a tomar as medidas necessárias".

O embaixador de Portugal em Espanha conta ainda ao idealista/news que "agora mesmo o país está a despertar muitíssimo interesse junto das empresas e investidores espanhóis".

Portugal está na moda a nível internacional e os espanhóis entraram na onda."Dão, cada vez mais, sinais de se estarem a render aos encantos lusos e potencial do país", seja a nível empresarial ou turístico, aponta.

setor imobiliário é, alías, "um dos focos deste interesse", revela o diplomata, frisando que "é natural que Espanha, com a tradição e experiência que tem neste setor, e aprendida a lição da bolha que viveu, preste tanta atenção a Portugal a este nível, sobretudo num momento de tanto dinamismo".
Faça o investimento certo com a Quali Real Estate, sua agência imobiliária da Madeira!
Por: Tânia Ferreira

Veja Também